31 março 2013

Algumas considerações sobre a vida

Bom dia ecléticos, tenho ficado sem tempo para escrever no blog por causa da Universidade e infelizmente no dia em que eu ia escrever meu avô faleceu e este fato me fez refletir sobre diversas coisas da vida. 

Quando somos crianças as considerações da vida, são bem felizes, achamos que tudo é fácil  e prático e a partir do crescimento aquilo que na infância era bem simples começa a ser mais complicado. 

Na adolescência, o momento principal, mas para algumas pessoas isso pode ser mais tarde, têmos aqueles momentos críticos em conflitos, chamados também crises existênciais, onde  você se pergunta o porquê de existir, o porquê de viver e várias outras interrogações.

Mas, vendo pela primeira vez a morte, percebi o quão idiota é imaginar que ela seria o melhor diante de muitas coisas ruins que acontecem em nossos dia-a dias, não há nada de digno ou belo na morte. De qualquer forma, ela será uma fase final para todo mundo, mas questionar o que você está fazendo aqui na terra,  parece que é questionar sua confiança em Deus, que ele não tem planos para você.

Nós sabemos o que é digno: amar ao próximo e fazer coisas boas e isso basta. Que existem sacríficios na vida, sim existem, porém Deus nos deu a vida para fazer a diferença e possuem muitas coisas bonitas na terra, para se ficar questionando sobre a sua própria existência, e ver isso tudo isso e perceber que você faz parte de um plano maior, já é motivo para ser grato em existir! Seja grato e não perca tempo em depressões em crises existênciais, ao invés disso, colabore para o plano maior do pai que você sabe que faz parte.

Devolve-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito pronto a obedecer.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça a gente ficar feliz, deixe seu recado (:

Obs: Se tiver problemas para postar recados, clique em "visualizar" depois de escrever sua mensagem, e então clique em "postar".