16 fevereiro 2013

Idas e Vindas do amor.

Olá ;)
Como quinta-feira passada foi Valentine Day's em alguns países a fora, decide fazer uma "homenagem".





Sinopse do filme:  Los Angeles, Dia dos Namorados. Reed Bennett (Ashton Kutcher) trabalha em uma floricultura e tem muito trabalho pela frente, já que este é um dos dias mais agitados na loja. Entretanto, antes de sair, ele pede sua namorada Morley Clarkson (Jessica Alba) em casamento. Ela aceita, o que deixa Reed eufórico. Ele logo deseja contar a novidade para Julia Fitzpatrick (Jennifer Garner), sua melhor amiga, que está apaixonada pelo médico Harrison Copeland (Patrick Dempsey). Julia trabalha como professora de uma escola, onde estuda Edison (Bryce Robinson). Ele também foi atingido pelo cupido e compra, na loja de Reed, um buquê de flores e um cartão musical a ser entregue para sua namorada. Edison mora com os avós, Estelle (Shirley MacLaine)Edgar (Hector Elizondo), e tem Grace (Emma Roberts) como babá. Grace tem planos para perder a virgindade neste dia com seu namorado Alex (Carter Jenkins). O casal Willy (Taylor Lautner) e Felicia (Taylor Swift), amigos de Grace e Alex, estão apaixonados e demonstram isto para todos à sua volta. Liz (Anne Hathaway) é uma jovem secretária que está envolvida com Jason (Topher Grace), que apesar de gostar dela ainda tem receios sobre o que sente devido ao pouco tempo de namoro. Ambos trabalham para Paula Thomas (Queen Latifah), poderosa empresária que cuida da carreira de Sean Jackson (Eric Dane), um quaterback veterano. Kara Monahan (Jessica Biel) é a assessora de imprensa de Sean e detesta o Dia dos Namorados, já que sempre está sozinha nesta data. Em um avião estão Holden Bristow (Bradley Cooper) e Kate Hazeltine (Julia Roberts), que se conheceram em pleno voo e enfrentaram uma viagem de 14 horas para que estejam em Los Angeles exatamente neste dia. Em meio a todas estas histórias perambula Kelvin Moore (Jamie Foxx), um ambicioso repórter esportivo que foi designado por sua emissora de TV a cobrir o Dia dos Namorados. Após muitas reviravoltas, idas e vindas, alguns casais se separam e encontram seu verdadeiro amor enquanto outros permanecem juntos ou sozinhos.





Trailer



Historia do Valentine Day: A história do Dia de São Valentim remonta a um obscuro dia de jejum tido em homenagem a São Valentim. A associação com o amor romântico chega depois do final da Idade Média, durante o qual o conceito de amor romântico foi formulado.
O bispo Valentim lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes.
Além de continuar celebrando casamentos, ele se casou secretamente, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”.
Considerado mártir pela Igreja Católica, a data de sua morte - 14 de fevereiro - também marca a véspera de lupercais, festas anuais celebradas na Roma antiga em honra de Juno (deusa da mulher e do matrimônio) e de Pan (deus da natureza). Um dos rituais desse festival era a passeata da fertilidade, em que os sacerdotes caminhavam pela cidade batendo em todas as mulheres com correias de couro de cabra para assegurar a fecundidade.
Outra versão diz que no século XVII, ingleses e franceses passaram a celebrar o Dia de São Valentim como a união do Dia dos Namorados. A data foi adotada um século depois nos Estados Unidos, tornando-se o The Valentine's Day. E na Idade Média, dizia-se que o dia 14 de fevereiro era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados da Idade Média usavam esta ocasião para deixar mensagens de amor na soleira da porta do(a) amado(a).
Atualmente, o dia é principalmente associado à troca mútua de recados de amor em forma de objetos simbólicos. Símbolos modernos incluem a silhueta de um coração e a figura de um Cupido com asas. Iniciada no século XIX, a prática de recados manuscritos deu lugar à troca de cartões de felicitação produzidos em massa. Estima-se que, mundo fora, aproximadamente um bilhão de cartões com mensagens românticas são enviados a cada ano, tornando esse dia um dos mais lucrativos do ano. Também se estima que as mulheres comprem aproximadamente 85% de todos os presentes no Brasil. O dia de São Valentim era até há algumas décadas uma festa comemorada principalmente em países anglo-saxões, mas ao longo do século XX o hábito estendeu-se a muitos outros países.


2 comentários:

  1. Adoro esse filme!!!!
    deixei um selinho pra você no meu blog!
    seguindo beijos
    http://rimel-esaltoalto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Faça a gente ficar feliz, deixe seu recado (:

Obs: Se tiver problemas para postar recados, clique em "visualizar" depois de escrever sua mensagem, e então clique em "postar".