13 novembro 2012


"O desabafo diante de Deus é muito diferente da murmuração. É uma exposição dos abalos emocionais, da confusão momentânea, dos acontecimentos desagradáveis, da pressão provocada por algum problema, do aperto, de um drama pessoal, de alguma tragédia vinda de surpresa, ou qualquer outro tipo de sofrimento. O que permite que uma pessoa desabafe diante de Deus é a proximidade Dele. Tem certeza de Sua soberania, de Sua grandeza, de Seus acertos, de Seus recursos, de Seu amor e de Sua providência. No desabafo a pessoa não enfrenta Deus, não Lhe diz desaforos, não briga com Ele, não reclama Dele e nem O coloca no banco dos réus. O crente apenas coloca a sua dor para fora, sem rodeios, com franqueza, com transparência, na esperança de ser aliviado e de ser reabastecida a sua fé." - O Ultimato (Janeiro de 1988, p.8)


"Por-me-ei na minha torre de vigia, colocar-me-ei sobre a fortaleza, e vigiarei para ver o que Deus me dirá, e que resposta eu terei à minha queixa." - Habacuque 2:1




2 comentários:

  1. Amei o post, Rebeca! Deus é meu refúgio e não tem nada melhor que poder desabafar e contar tudo pra Ele, sabendo que Ele vai fazer sempre o que é melhor pra nós. Bjinhos, flor, fica com Ele!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Sarah! Amém. É verdade isso. É sempre bom conversar com o Grandão. Ele sabe o que faz e o tempo Dele é perfeito. Além de Amigo-Conselheiro, é um excelente Ouvinte. ;D
    Deus te abençoe. :*

    ResponderExcluir

Faça a gente ficar feliz, deixe seu recado (:

Obs: Se tiver problemas para postar recados, clique em "visualizar" depois de escrever sua mensagem, e então clique em "postar".