18 setembro 2012

Carta de Amor.

  
 "Quando a vi pela vez, tudo era tão mais simples...Você era apenas uma jovem e tudo era novidade. Nunca nos cansávamos um do outro. Todas as vezes que estávamos juntos, os dias eram como horas e as horas como minutos. Às vezes, nem precisávamos falar, pois o tempo que passávamos juntos era o suficiente - e muito precioso. Ah, como Eu amava ouvir a sua doce voz, tão suave aos Meus ouvidos. Mas, agora, por algum motivo, tudo se tornou tão complicado...Não que Eu tenha mudado, simplesmente as coisas não são mais como antes. Por várias vezes Eu esperei pacientemente até que pudéssemos, enfim, passar algumas horas juntos, conversar e ouvir um ao outro sem nos preocuparmos com o tempo, mas Eu cansei de esperar. Já faz algum tempo que não ouço a sua doce voz. Na última vez que lhe falei, você não foi nem um pouco gentil Comigo. Você Me cobrava isso e aquilo como se Eu estivesse bloqueando a sua vida. Por que Me abandonou, Minha querida? Será que Eu não lhe dei prova suficiente do Meu amor por você? O que mais tenho que fazer para que entenda o quanto é importante para Mim? Às vezes procuro por você, mas parece que está sempre tão ocupada que não sobra tempo para olhar para Mim. Eu estava lá quando as coisas não foram bem...contudo, você nem olhou na Minha direção. Uma noite dessas, Eu tentei conversar quando estava sozinha no seu quarto, mas você começou a assistir televisão...
  Percebi que você tem visitado a Minha casa uma ou duas vezes na semana, mas é estranho como parece nem se importar Comigo. Você vai e vem, e nada muda entre nós. Por favor, não Me entenda mal, mas Eu quero que as coisas mudem entre nós. Tenho tentado tudo para que isso aconteça, mas nos últimos dias você tem estado tão distante e indiferente à Minha voz. Como posso me aproximar de você novamente? Eu a amo tanto e, agora, Meu coração está partido. Há sinais em toda parte Me dizendo que esse amor já não é mais mútuo. Isso Me machuca, Minha querida. Eu não deixei de amá-la e estou à sua espera. Eu a conheço melhor do que qualquer um e não importa o que esteja passando agora, em breve você descobrirá quem é realmente importante na sua vida. Eu vou esperar, não importa quanto demore, Eu vou esperar. Tenho intercedido por você e, lá no fundo, sei que ainda sente falta daquele relacionamento que tínhamos - tão forte, tão inocente, e que jamais poderá ser comparado a qualquer outro relacionamento que você já teve ou terá. Talvez as coisas tenham mudado porque nunca tivemos um encontro verdadeiro. Caminhávamos para isso, mas quando Eu estava prestes a lhe revelar tudo sobre Mim e assim lhe dar uma nova vida, você retrocedeu. Não há problema, Minha querida! Ainda há tempo para estarmos mais juntos do que nunca. É só você Me dizer quando e Eu virei correndo! Colocarei uma aliança no seu dedo e assim declararemos uma nova vida juntos, para sempre. Todo mundo vai testemunhar o nosso amor, o verdadeiro amor. É por isso que vale a pena esperar - e Eu vou esperar.

Pomba minha, que andas pelas fendas dos penhascos, no esconderijo das rochas escarpadas, mostra-me o rosto, faze-me ouvir a tua voz, porque a tua voz é doce, e o teu rosto, amável." (Cantares 2:14)


- Texto de Cristiane Cardoso.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça a gente ficar feliz, deixe seu recado (:

Obs: Se tiver problemas para postar recados, clique em "visualizar" depois de escrever sua mensagem, e então clique em "postar".