28 julho 2012

T&J

Gatos e ratos.
Não sei quanto a você, mas eu prefiro cachorros.
Quando era menor eu queria ter um cachorro chamado Scooby ^^
Mas tinha um desenho que tirava todas as ideias que eu tinha contra os gatos.
Sim, Tom e Jerry.
Posso contar uma coisa? Sim? Obrigada ^^
Sempre fui viciada em televisão. Por isso, não perdia um episódio se quer. Cheio de aventuras, romance, comédias, tudo, maravilhoso.




"O centro da trama se baseia geralmente em tentativas frustradas de Tom de capturar Jerry, e o caos e a destruição que se segue.

 Tom raramente consegue capturar Jerry, principalmente por causa das habilidades do engenhoso ratinho, e também por causa de sua própria 
estupidez. As perseguições eram eletrizantes e sempre vinham acompanhados por boa trilha sonora. Também eram utilizadas diversas armadilhas e truques que no final não davam resultado satisfatório como bombas e ratoeiras, coisas que eram fundamentais na rivalidade entre o gato e o rato. Alguns personagens também marcam presença na trama como o bulldog Spike e o rival de Tom, o gato Butch.




Depois de 1953, todos os desenhos de Tom & Jerry foram criados e produzidos no formato Academy Ratio; .Desde 1956 até o fechamento do estúdio de animacão da MGM um ano depois, todos os desenhos animados de Tom & Jerry foram compativeis também no formato Academy Widescreen. Todos os desenhos de Hanna-Barbera foram produzidos em Technicolor; os trabalhos dos anos 1960 foram feitos em Metrocolor."



Criados pela sensacional dupla "Hanna e Barbera", Tom e Jerry surgiu em fevereiro de 1940, com o seu 1º episódio, que ganhou o titulo de Puss Gets the Boot, onde Tom se chamava Jasper, e o ratinho não tinha ainda seu nome definido. Solicitado pelo produtor Fred Quimby, teve um sucesso íncrivel, ótima aclamação da crítiva e até indicação ao Oscar. Com o passar do teempo, a MGM lucrava cada vez mais, e assim foram produzidos novos episódios e o gato foi batizado de Thomas, mas acabou ficando mais conhecido como Tom e o ratinho ganhou o nome de Jerry. Foram eles que criaram o cachorro Spike que vivia defendendo o ratinho e dificultando a caçada de Tom, pois por ter seu sono perturbado pelo felino acabava batendo nele. Foi também nessa fase que apareceu a dona de casa onde eles moravam, mas ela jamais foi mostrada do joelhos para cima. Com tudo isso os 161 episódios produzidos para o cinema, foram para a tv, tendo assim um novo palco para seu show.
Mas depois de um tempo sem novos desenhos produzidos, a MGM decidiu produzir novos curtas, e contratou Gene Deitch e seu estudio, a Rembrandt Films e o desenho continuou sendo produzido na cidade de Praga na Checoslováquia. Mas seus desenhos foram muito criticados por adotar um formato totalmente diferente da série origial, que abusavam da surrealidade, com muitos efeitos bizarros, além de diversas enfatizações gráficas e asim com o fracasso do desenho na Europa a MGM cancelou o desenho que teve só 13 episódios produzidos entre os anos de 1961 e 1962.



Um anos depois em 1963, o então despedido da Warner Bros Cartoons Chuck Jones após trabalhar mais de 30 anos lá, criou seu própio estudio a "Sib Tower 12 Productions" e deu inicio a uma nova fase do desenho. Deixou sua própia marca no desenho, fazendo várias adaptações nos personagens, fez algumas mudanças na aparência de Tom, que teve sua sobrancelha mudada e ganhou um tom de cinza mais escuro, e em Jerry que teve seus olhos aumentados e a orelha arredondada. Além de trocar o leão da MGM por Tom, tentando imitar seus gemidos. Ao todo foram 34 episódios produzidos por Chuck Jones.



Em 1975, depois de uma pausa, a dupla Hanna e Barbera resolveu tomar a frente de uma nova fase da série. Mas dessa vez, as brigas e perseguições entre eles ficaram um pouco de lado. Quando foi reiniciada a produção da série, houve uma preocupação com a violência apresentada pelos episódios tradicionais, então para evitar protestos de alguns grupos de pais mais radicais, o gato e o rato agora participariam juntos na solução de mistérios e tramas, Jerry começou até a usar uma gravatinha borboleta! A idéia não foi muio bem aceita e o desenho acabou sendo cancelado! Depois entre os anos de 1990 e 1993 foram produzidos novos episódios de Tom e Jerry, em "Tom e Jerry Kids" mas dessa vez eram seus filhos que apareciam.
Mas em 2006 o gato e o rato voltaram pra telinha da tv, com o desenho "Tom e Jerry Tales" foi dublada pela Herbert Richers traduziu o título como: "As Aventuras de Tom e Jerry", que foi produzida pela rede de TV americana The CW. O Desenho ja teve duas temporadas produzidas, e um jogo lançado no ano de 2006.
No final dos anos 50, foram re-produzidos remakes dos episódios mais 
antigos de Tom e Jerry dessa vez com o formato de tela "Cinemascope".
Neles foram modificadas apenas as cores e aparências de cenário.


  


















 - Alguns episódios perdidos. -

São os episódios que são exibidos apenas no CN, mas nunca passam no SBT, outros passavam mas depois de alguns anos sumiram, virando perdidos:


- Solid Serenade (passava somente nos anos 80 - perdido)
- Baby Butch (possivelmente inédito no Sbt)
- The Flying Sorceress (passava somente nos anos 80 - perdido)
- The Egg And Jerry (inédito no Sbt, que exibe apenas a cópia que não é a de Cinemascope)
- Tops With Pops (inédito no Sbt, que exibe apenas a cópia que não é a de Cinemascope)
- Feedin' The Kiddie (inédito no Sbt, que exibe apenas a cópia que não é a de Cinemascope)
- Happy Go Ducky (visto pela última vez em 2004 ainda com imagem velha, depois virou perdido)
- Purr-Chance To Dream (visto pela última vez em 05/12/2002, possivelmente não passou mais e virou perdido)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça a gente ficar feliz, deixe seu recado (:

Obs: Se tiver problemas para postar recados, clique em "visualizar" depois de escrever sua mensagem, e então clique em "postar".