13 março 2012

..e vai!


Se tem uma coisa que eu acho linda, é o momento que duas mãos se encontram. Quando dedos se entrelaçam. E um dia desses, meu pai recitou um versículo que dizia que Deus nos tomava nas mãos. Acho esse versículo lindo demais!
É mais ou menos assim: o Rei dos reis te segura em Sua mão. Percebe? Ele entrelaça os dedos maravilhosos Dele nos seus!
É gigantescamente maravilhoso sentir o toque delicado e necessário de Deus em nós. Transmite segurança saber que Ele nos guia, assim como um pai direciona seu filhinho que ainda não sabe andar.
Deus quer encontrar sua mão. Quer guiar e cuidar de você.
O problema é que achamos que conseguimos. Que somos capazes de encontrar o caminho e andar com os nossos próprios pés. Nessas horas até imagino Deus dando um risinho do tipo "ele-ainda-vai-entender-que-precisa-de-mim". Mas não com arrogância. Não. Com carinho. É um risinho daqueles que os pais dão quando seus filhos se aventuram a andar pela primeira vez.
E Deus, assim como os pais, está atrás de nós. Vigiando para que quando os nossos joelhos perderem o equilíbrio, nos segurar pela Mão.
E mais do que isso, é bonito ver a satisfação no riso do filho quando sua mãe ou seu pai se põe ao lado dele e o segura pela mão, não deixando que ele caia e se machuque.
Segura bem forte na mão de Deus, e vai.
Vai pelos caminhos Dele, que são mais altos que os nossos. Vai pelos pensamentos Dele, que são melhores que os nossos. E mesmo sem entender, confia Nele.
Tem certas situações que nos deixam meio sem 'chão', mas quem segura na Mão de Deus, permanece de pé.
Segura na mão fortona de Deus, e vai!


"Porque Eu, o Senhor, teu Deus, te tomo pela mão direita e te digo: Não temas, porque Eu te ajudo." - Isaías 41.13




2 comentários:

  1. Que coisa mais linda Rebeca!
    Deus é um lindo, nos acolhe com tanto amor mesmo sem merecermos. *0*

    ResponderExcluir
  2. Lindas as suas palavras. Ele é como um Pai mesmo.
    Quando meu pai fica 'vigia ele, pra não bater a cabeça', ou 'não deixa ele cair', fico imaginando Deus, todo preocupado conosco. Enquanto nós, nem sabemos o que fazemos. Como um bebê mesmo, que quer pegar a chupeta do outro lado da sala e não sabe os riscos que corre de se machucar. Ele não pensa em nada além da chupeta. Mas o Pai, ele se preocupa com tudo, fica de olhos atentos, e como você disse, pronto para nos segurar se cairmos.

    ResponderExcluir

Faça a gente ficar feliz, deixe seu recado (:

Obs: Se tiver problemas para postar recados, clique em "visualizar" depois de escrever sua mensagem, e então clique em "postar".