01 novembro 2011

Tic tac..tic tac..




Se você olhar bem o relógio, pode uma hora chegar a um certo pensamento: 'como eles souberam que cada hora tinha sessenta minutos?'
Definitivamente eu não sei a resposta e não está na minha "lista de sonhos" descobrir isso. Mas eu tenho aprendido nesses últimos dias que para tudo existe um tempo.

O tempo existe. O tempo não passa como queremos. Algumas vezes o nosso maior desejo é que ele passe rápido demais, outras vezes o nosso desejo é totalmente o contrário. Tem um tempo para um bebê nascer, um tempo para o bolo ficar pronto, um tempo para sorrir, um tempo para molhar o seu travesseiro com suas lágrimas...

Como conviver com o tempo? Como conseguir viver intensamente cada um dos sessenta minutos de uma hora?

"Tudo tem o tempo certo já determinado, e há tempo para todo propósito..." Eclesiastes 3.1

Se você for parar para pensar, existe um tempo certo até para uma foto ser revelada. Existe um tempo certo para um abraço, para um novo amor. E não adianta tentar adiantar o seu relógio, para que os momentos esperados cheguem logo, se o relógio de Deus já tem a hora marcada.
Pode ser que você esteja esperando um bolo de chocolate ficar pronto, ou então a pipoca salgadinha para você ver um filme que está passando na televisão; ou então você esteja
procurando o seu amor, a metade da sua laranja, a bota ortopédica para o seu pezinho torto, e ele chega. O bolo de chocolate fica pronto. A pipoca vai ficar deliciosa.
Mas para que isso aconteça, existe o teste do tempo.

E tudo o que for verdadeiro tira nota máxima nesse teste. Então relaxa, aproveita todos esses minutos de espera. Tenho certeza que vai valer a pena. Pelas coisas boas vale a pena esperar, não é mesmo?







- Rebeca Andrade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça a gente ficar feliz, deixe seu recado (:

Obs: Se tiver problemas para postar recados, clique em "visualizar" depois de escrever sua mensagem, e então clique em "postar".