19 outubro 2011

- Na minha opinião - Relacionamentos II

Ei pessoal, continuando o post anterior...

Estão lembrados que falei sobre “como se envolver com as pessoas pode deixá-las machucadas, e sobre uma maneira (errada) de procurar a “outra metade da laranja”’? Agora vou falar da segunda maneira:

A outra maneira de encontrar o “príncipe encantado” é a que eu escolhi, e é uma bem difícil, de modo que nem todo mundo opta por ela:

2) A côrte

Uma vez minha mãe me mandou um email que, dentre outras coisas, tinha a seguinte frase (que hoje descobri ser do Dalai Lama) "Case com alguém com quem você goste de conversar. Ao envelhecerem, suas aptidões de conversação serão tão importantes quanto qualquer outra." 
Isso ficou na minha mente por muito tempo, e agora, fazendo ligações com aquilo que acreditava desde minha adolescência, me dei conta do que quero fazer: casar com meu melhor amigo.
(Antes de mais nada, meu melhor amigo mora em BH e não há possibilidade de nos casarmos rsrs Minha afirmativa ali em cima diz respeito a algum outro melhor amigo que Deus ainda vai me dar.)

Pode parecer confuso ou mesmo ridículo, mas para mim você só deve namorar alguém a quem conhece muito bem. E um "melhor amigo", na minha humilde opinião, é o mais indicado por que:
1) Ele conhece seus defeitos
2) Conhece suas qualidades
3) Sabe quais são seus sonhos e metas
4) Sabe do que você gosta e do que detesta
5) Adora conversar com você, mesmo que só tenha abobrinhas pra dizer...

Aí você me pergunta "Não é tão fácil assim arranjar um melhor amigo que depois será meu namorado. Tem alguma receita pra isso?". 



Se eu tivesse não estaria solteira rsrs Brincadeirinha.
Minha resposta para a pergunta acima é: Pare de tratar os homens (ou mulheres) como namorados em potencial, e os trate como amigos. 
É costume nosso misturar as coisas, talvez por isso é que inventaram que homem e mulher não servem para serem amigos. É claro que serve! O que não cabe dentro de um relacionamento entre homem e mulher é a tal da "amizade colorida". "Péra lá" ou você é amigo ou você é namorado. Decida-se!
Para você que não é cristã (cristão) e está lendo este post, meu conselho é aquele ali de cima: trate as pessoas do sexo oposto como amigos. Você os conhecerá muito bem, e mediante a isso poderá decidir-se por aquele que melhor combina contigo, e, como diria Colbie Caillat e Jason Mraz, vai se apaixonar pelo seu melhor amigo. E, quem sabe, terá um happy ending.


Para os cristãos não pára por aí. Eu aconselho, sim, namorar o melhor amigo, mas há uma diferença no "namoro". 

Você já pensou na possibilidade de errar? Sim, escolher um cara e depois descobrir que não era este e sim aquele? Eu sempre pensei nisso. Como vou achar o moço certo? Acho que, mesmo se implorasse a Deus, Ele não colocaria um letreiro luminoso com uma seta gigante dizendo "É este rapaz aqui!" rsrs (Bem que poderia, né?)
Mesmo quando eu era mais nova e não tinha aquele compromisso todo com Deus, eu não queria um relacionamento igual ao de todo mundo. Meus pais brigavam bastante na época, e eu não queria um casamento assim para mim. Às vezes até dizia pra Deus que preferia ficar solteira pra sempre se tivesse que passar por tudo aquilo.
Eu falava assim com Deus "Homem dá muito trabalho, Senhor! Por isso quero um 3 em 1. Um cara que seja meu namorado/noivo/marido. Um só. Só te peço um. Não quero perder meu tempo com um monte de garotos." 
Além disso, acreditava (e acredito) que a amizade é o melhor remédio para um casamento feliz. Talvez por isso Deus não tenha me dado muitos amigOs, porque eu poderia me encantar por um e deixar de lado o Melhor Dele para a minha vida. 
Por este motivo eu espero. Espero pelo rapaz que Deus escolheu a dedo e disse "Hm, tenho certeza que ela vai adorar ganhar ele de presente...". 

E onde entra a Côrte nisso tudo?
Já vou chegar lá. Antes, mais uma reflexão...
Na minha opinião o beijo nos lábios deve ser bom pra caramba! rsrs Dificilmente você vai achar alguém que pense o contrário. 
Abraços, carinhos, palavras bonitas, presentes fora de época... Enfim, o romantismo é algo desejado por todo mundo num relacionamento. E por ser tão precioso para nós, é lógico que queremos oferecer todas estas coisas que listei a uma pessoa realmente especial, né?
É por este motivo que penso que a Côrte é a melhor opção (pelo menos para mim). Eu não quero dar meu primeiro beijo (Oi, eu tenho 20 anos e nunca fiquei com ninguém. rsrs) em qualquer um, quero guardar o que considero especial para a pessoa certa. Para aquele por quem valeu à pena esperar 20 anos (ou mais). 
Meu futuro esposo.


Para quem ainda está boiando, se perguntando o que é Côrte, explico:
É um relacionamento a base de amizade. Até o casamento (tem igrejas que fazem em menos tempo) você tratará a pessoa como seu amigo, ou seja, não haverá beijos, nem amassos. Você orará com ela pelo relacionamento buscando a direção de Deus neste sentido. E o Senhor vai confirmar se é ou não é com esta pessoa que você irá viver um lindo romance.
O que mais me chama a atenção nesse tipo de relacionamento, além do laço de amizade, é que o diálogo é a coisa mais importante, já que você não vai se distrair com os toques físicos.
Muitos casamentos acabam por falta de diálogo, e se você não "treinou" conversar no namoro, não vai ser no casamento que isso vai se desenvolver.

Para ficar mais claro e mais completo, recomendo que leiam este artigo sobre a Côrte: Côrte x Namoro. Qual a sua opinião?
A garota explica o porque dela escolher este tipo de relacionamento e quais são os outros fatores envolvidos numa côrte. 

E para finalizar, uma coisa que eu peço a Deus é que Ele me dê um rapaz que me inspire a buscá-Lo. Acho que esse deve ser nosso alvo, quanto cristãos, quando escolhemos alguém para nos relacionar. Por que a beleza passa. Os hábitos mudam quando você casa. Mas Deus é o mesmo sempre, então não podemos deixar de buscá-Lo, e que nosso companheiro faça o mesmo.


Para pensar: "Os homens cultivam cinco mil rosas num mesmo jardim e não encontram o que procuram. E, no entanto, o que eles buscam poderia ser achado numa só rosa." O pequeno príncipe





4 comentários:

  1. que Lindoo amiga , amei seu post e me ajudoo bastante para entender umas coisas aquii .Refletii mais com seu post do que nas 10 semanas de curso que fiz "Relacionamento à maneira de Deus " Beijoos minha Linda .Saudades da minha escritora favorita!

    por :Lais Souza

    ResponderExcluir
  2. Oi Lais!
    Fico feliz por ter gostado e por ter te ajudado. =)
    Que Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  3. Oii eu quer que a dona do blog entre em contato comigo me mande um email ou coisa assim ou me adc no msn kerrolina@hotmail.com bj obg adoro esse blog amo amo de paixão

    ResponderExcluir

Faça a gente ficar feliz, deixe seu recado (:

Obs: Se tiver problemas para postar recados, clique em "visualizar" depois de escrever sua mensagem, e então clique em "postar".