06 agosto 2010

Um café e algumas lembranças.

Não.
Não estava fazendo pedido em nenhum Café charmosinho. Quem me dera estar em um. Puro charme!
Estava em pleno e sublime dia de folga do serviço escolhendo uma xícara para tomar meu sagrado café matinal. Estava com tempo claro, pois nos outros 06 dias da semana tomo  café no serviço mesmo com copo americano em menos de 05 min, para não abandonar a Recepção.

Enfim.... entre tantas, escolhi aquela que havia sido ganhada de presente. Grande, boca larga, e o desenho eram " Feliz Natal" em várias línguas com cores vermelha e verde. Da Fábrica Garoto. Linda, confesso raramente usá-la por medo de quebrá-la, sou muito desastrada. 90% dos equipamentos e objetos quebrados de minha casa tem uma única culpada: Eu.
Mas ela me trouxe lembranças. Primeiramente de quem me presenteou. Uma hóspede do Hotel, chamada Ana. Simpática, adora conversar, tem um filhinho super adorável. Não presenteou só a mim, como também aos outros funcionários com caixas de bombom.
Ela se encontra na minha lista de hóspedes preferidos, não porque me presenteou, Jamais. Mas pelo carinho o qual ela nos dedicou em todo tempo de estadia no hotel. E enquanto eu ia tomando café, eu ia refletindo sobre quantas vezes quis desistir de trabalhar, reclamei por tantas vezes de que em quase 2 anos eu só tive momentos ruins.
Mas ai me vem a cabeça de que reclamo demais. De que não paro e olho pra trás e relembrar das pessoas maravilhosas que conheci. Trabalhar em hotel é muito difícil, por não ter fins de semana e feriados.
Mas pense só nas inumeras pessoas que se hospedam aqui. Claro que não faço amizade com todos. Mas tenho bons e ótimos amigos feitos aqui, dos quais tenho momentos raros e verdadeiros. Pessoas que você nem sabe que irá ver novamente, mas que levaram um pouco de ti e deixaram um pouco de si.
São tantas histórias...conselhos, abraços, risadas...Ô como a gente ri. São pessoas de todo tipo, raça, credo, cor.. Mas com vidas diferentes e que com sabedoria podemos trazer para nossa o que bom essas pessoas possam nos dar.
E vou guardar essas lembranças assim como guardo minha adorável xícara ( vou tirar foto e mostrá-los), com medo de que um dia se quebre. Mas tenho em mim a certeza que embora um dia se quebre, isso estará guardado em meu coração. Pois não tem valor material. Mas, sentimental.

Um ótimo fim de semana.

Leila

Um comentário:

  1. oi amei seu blog ta lindo to te seguindo ta visita o meu e se vc gostar me segue tambem beijão simara

    ResponderExcluir

Faça a gente ficar feliz, deixe seu recado (:

Obs: Se tiver problemas para postar recados, clique em "visualizar" depois de escrever sua mensagem, e então clique em "postar".