06 maio 2010

Nada mais.


Folhas secas. Era o que ele tinha nas mãos. Apenas folhas. Mais nada.

Ela sempre se preocupou com o fato de ele nunca dizer o que pensava sobre o futuro, para ele não importava, contanto que estivesse com ela. Nada importava quando ele estava com ela. Mais nada.

Conheceram-se numa manhã, não se sabe a data nem o que os dois estavam fazendo, mas foi daí que o amor nasceu, de uma vez, simplesmente. Então ela se viu presa naqueles olhos castanhos e ele naquelas pintinhas que ela carregava em cima do nariz.

Mas então em outra manhã ela estava se perguntando por que de continuar com isso, se ele não lhe contava o que pensava sobre o futuro. Sempre era a mesma questão. “Que diferença faz?” ele dizia. E ela calava-se. Não queria perdê-lo. Adorava-o. Mas a pergunta ecoava em sua mente a ponto de às vezes não conseguir dormir a noite.

Rachel fazia Enfermagem. Pretendia trabalhar com médicos cirurgiões, ter uma boa casa, uma família grande, quem sabe um cachorro. Diego fazia Letras. Nada mais.

Angustiava-a vê-lo tão despreocupado, estando num mundo tão concorrido, tão cruel e sanguinário visto pelo ponto de vista dela. Diego sempre sorria ouvindo ela resmungar essas coisas. Ele a amava. Amava tanto a ponto de não discutir, pois pensavam de forma completamente diferentes. Ele apenas ouvia.

Numa outra manhã ele ficou sem chão. Rachel resolveu terminar. Simplesmente. E ele não entendeu o que o futuro influenciava no seu relacionamento. Sempre achara que o futuro nunca chegaria, pois sempre viveu no presente e o passado era apenas o que havia vivido um pouco antes.

Naquela tarde ele não sentiu fome. De noite não conseguiu dormir. Tentava telefonar para Rachel mas ela não atendia. Ele ficou só. Ficou triste.

Ele havia perdido o grande amor de sua vida.

Agora ele estava ali, sentado debaixo de uma árvore segurando folhas. Eram as únicas coisas que ele tinha em suas mãos. Nada mais.

 
Por Prii

3 comentários:

  1. Olá meninas!
    Que bom que têm visitado meu blog, sejam sempre bem vindas! Tb vou passar sempre por aqui ... vamos trocar figurinhas ;) ! Bjinhos

    ResponderExcluir
  2. É difícil amar e pensar no futuro ao mesmo tempo.
    As vezes temos que abdicar de algo que nos proporciona alegria em nome da incerteza do amanhã ou então, investir em algo que não nos alegra tanto mas, presumimos que será bom futuramente. O que será mais apropriado? não sei, bjs

    ResponderExcluir

Faça a gente ficar feliz, deixe seu recado (:

Obs: Se tiver problemas para postar recados, clique em "visualizar" depois de escrever sua mensagem, e então clique em "postar".